Bancários da CEF aprovam Dia de Luta e discutem greve

Bancários da CEF aprovam Dia de Luta e discutem greve

Escrito em 26/05/2024

Em Assembleia Geral realizada no dia 16/04, via Zoom, os bancários da Caixa no Maranhão decidiram, entre outras ações, promover um Dia de Mobilização e Luta para cobrar da Direção do Banco e do Governo Federal a contratação de mais empregados e a melhoria dos sistemas tecnológicos da empresa pública, que não tem atendido as demandas dos clientes e usuários.

A manifestação será realizada no dia 30 de abril, véspera do Dia do Trabalhador, nos locais de trabalho, em todo o Estado.

Durante a Assembleia, os trabalhadores reclamaram da sobrecarga de trabalho, da extrapolação de jornada e das péssimas condições de atendimento à população principalmente nos dias de pagamento dos programas sociais.

Vale lembrar que, no Maranhão e em diversos Estados, o caos se instalou nas últimas semanas em razão dos problemas tecnológicos, da falta de estrutura e de pessoal nas agências da Caixa, assim como da total ausência de planejamento do Governo Federal para o crédito dos benefícios sociais, fato agravado ainda mais com o lançamento do “Pé-de-Meia”, novo programa destinado a jovens.

Diante desse descaso, a Assembleia decidiu ainda fazer um chamado para uma PARALISAÇÃO NACIONAL NA CAIXA, "pois só assim a Direção do Banco e o Governo vão tomar providências urgentes, que possam desafogar as unidades, preservar a saúde dos funcionários e oferecer um atendimento de qualidade à população" - afirmou o diretor Enock Bezerra.

No fim do evento, a categoria agendou uma nova Assembleia Geral, a ser realizada no dia 30 de abril às 19h, via Zoom, a fim de avaliar o Dia de Mobilização, a situação nas agências do país e, sobretudo, para avaliar um indicativo de greve para o mês de maio, caso nenhuma atitude efetiva seja tomada em favor dos bancários, clientes e usuários da Caixa.

A nossa luta continua!