SEEB-MA realiza atos públicos nos 79 anos do BASA

SEEB-MA realiza atos públicos nos 79 anos do BASA

Escrito em 09/07/2021

O SEEB-MA realizou atos públicos, nesta sexta-feira (09/07), data em que o Banco Amazônia completou 79 anos de existência. As manifestações ocorreram nas agências do BASA, no Centro de São Luís, Imperatriz e Caxias. Ao invés de festa, o dia foi de luta em defesa do banco público, dos fundos constitucionais e contra a MP 1052/2021! 

A Medida Provisória é um ataque perverso do Governo Bolsonaro, que visa alterar as regras dos fundos constitucionais (FNO, FNE e FCO), colocando em risco a missão, a sustentabilidade e a própria existência do Banco da Amazônia.

Se não for derrubada, a MP reduzirá as taxas pagas ao BASA para a administração do FNO, o que afetará drasticamente a receita do banco e inviabilizará o objetivo principal dessa instituição, que é fomentar o desenvolvimento econômico, social e regional do país, o que inclui o Maranhão, prejudicando, assim, não só os bancários, mas a população da Amazônia Legal.

Durante os atos, os diretores e bancários criticaram, ainda, a tentativa do Governo Federal de fechar agências do Banco da Amazônia no interior do Maranhão, ataque que não avançou graças à atuação do Sindicato, de outras entidades e do deputado estadual Roberto Costa, que defenderam, na Justiça, a importância do BASA para os maranhenses e para a economia do Estado, como a agricultura familiar, o comércio, dentre outros setores.



“Precisamos derrubar essa Medida Provisória e impedir o fechamento das agências do banco em nosso Estado, ações governamentais que visam ao desmonte e e à futura privatização do BASA, a fim de beneficiar os banqueiros privados, que só pensam no lucro e não no desenvolvimento do país. Abaixo a MP 1052/21! Em defesa do Banco da Amazônia e do FNO. Vamos à luta!” – afirmou o presidente do SEEB-MA, Dielson Rodrigues.

Clique aqui para ler a matéria completa