Texto-base da Reforma Administrativa é aprovado

Texto-base da Reforma Administrativa é aprovado

Escrito em 27/09/2021

A Comissão Especial da Câmara dos Deputados aprovou, na quinta-feira (23/09), o texto-base da Reforma Administrativa (PEC 32/2020). A aprovação só foi obtida após manobras do Governo Bolsonaro, que trocou membros da própria base, contrários à PEC, por outros, que votaram a favor da medida.

Dos parlamentares do Maranhão, o deputado federal Gastão Vieira, que é da base de apoio do Governador Flávio Dino (PSB/MA), votou favoravelmente à PEC 32/2020 e será lembrado nas eleições de 2022.

Agora, a proposta será discutida no Plenário da Câmara, onde precisa ser derrubada para impedir a destruição dos serviços públicos no Brasil. A Reforma Administrativa é um ataque sem precedentes ao funcionalismo público, à população e à classe trabalhadora, inclusive para os bancários, pois acabará com a estabilidade dos empregados das estatais, como é o caso da Caixa.

Além disso, a PEC prevê o fim dos concursos; contratações temporárias por até 10 anos; e a privatização da gestão de órgãos públicos por meio de convênios, o que facilitará o desvio de recursos da saúde e da educação, prejudicando a oferta desses serviços para a população.

“Porém, a nossa luta continua firme e forte! Precisamos pressionar os deputados para derrotar a PEC 32 no Plenário na Câmara Federal. Acessem o site napressao.org.br e digam não a esse retrocesso, digam não à Reforma Administrativa. Deputado(a): quem votar a favor dessa medida, não voltará à Brasília nas próximas eleições. Avante, trabalhadores” – afirmou o presidente do SEEB-MA, Dielson Rodrigues.