Campanha Salarial: bancários cobram reajuste de 34,47%

Escrito em 24/06/2024

Os bancários maranhenses aprovaram no sábado (22/06), durante o II Encontro Estadual 2024, as pautas de reivindicações que serão entregues à Fenaban e aos bancos públicos na Campanha Salarial deste ano.

Na oportunidade, a categoria aprovou as seguintes cláusulas financeiras: reposição das perdas salariais acumuladas desde o Plano Real e índice de reajuste de 34,47%, composto pela soma das perdas nos bancos privados, pela inflação [agosto - 2022/2024] e pela média do crescimento dos ativos das cinco maiores instituições financeiras do país nos últimos dois anos.

Quanto à Participação nos Lucros e Resultados (PLR), foi aprovada também a distribuição de 25% do lucro líquido dos bancos de forma linear para todos os bancários e bancárias do país.

Além das cláusulas financeiras, a pauta geral engloba cláusulas sociais, o combate às reestruturações, à terceirização, aos descomissionamentos, às demissões, ao assédio, à cobrança de metas e ao adoecimento.

No caso das pautas específicas por banco, a luta na Caixa, no BB, no BNB e no BASA será pela melhoria da assistência à saúde, garantia do emprego, previdência, isonomia, nomeação de concursados e abertura de novas agências.

O SEEB-MA, o SEEB-RN e o SEEB Bauru vão entregar a pauta geral à Fenaban nesta quarta-feira (26/06), em São Paulo. Já as pautas específicas por banco deverão ser entregues no início de julho. Vamos à luta!