Após denúncia do SEEB-MA, MPT cobra multa ao BB

Após denúncia do SEEB-MA, MPT cobra multa ao BB

Escrito em 23/07/2021

Após denúncia do SEEB-MA, o Ministério Público do Trabalho (MPT) emitiu parecer informando que o Banco do Brasil está penalizando os caixas executivos do BB, no Maranhão e em Bauru, ao não contemplar esse bancários na ação ajuizada pela Contraf-CUT, em Brasília, mesmo depois de o juízo responsável pelo caso ter afirmado, em mais de uma decisão, inclusive em liminar, que esses trabalhadores devem ter restabelecidas a função e a gratificação de caixa em todo o país.

Vale ressaltar que o MPT se habilitou na ação na quarta-feira (21/07) e comunicou à Justiça essa postura segregacionista e de perseguição do Banco do Brasil contra esses bancários, que – por meio de seus Sindicatos – foram exemplos de resistência e de luta contra a reestruturação imposta pelo BB no começo do ano, principalmente, no Maranhão, onde o SEEB-MA, através de uma ação judicial, conseguiu impedir, por certo tempo, o fechamento de agências do banco em todo o Brasil.

De todo modo, no parecer, o MPT reforçou junto ao juízo que o BB está incorrendo em multa pelo descumprimento da liminar favorável à base do Maranhão. “Não mediremos esforços para fazer o Banco do Brasil cumprir essa decisão. Além disso, vamos cobrar o pagamento da multa fixada pela Justiça, que será revertida para cada um dos companheiros prejudicados pela ilegalidade do banco e pela omissão da Contraf-CUT” – afirmou o diretor do SEEB-MA, Rodolfo Cutrim.